Alunos de Amarante vão frequentar Universidade Júnior

Jovens na Universidade JúniorAMARANTE – Pelo menos 21 jovens do concelho de Amarante vão frequentar o “Programa verão em Projeto” da Universidade do Porto (UP), inserido na iniciativa “Universidade Júnior”.

Dezanove deles serão selecionados em seis estabelecimentos de ensino, com base em critérios como o aproveitamento escolar, ausência de faltas injustificadas, entre outros, sendo dois sorteados em atividade do Município dirigida a públicos jovens.

Os 21 terão a sua participação na ”Universidade Júnior” custeada pelo Município que, no entanto, disponibilizará transporte para outros que pretendam participar na iniciativa, até ao limite de 33.

O programa “verão em Projeto” é destinado a alunos que frequentam o 9º, 10º e 11º anos/2º ano profissional, sendo desenvolvidas atividades, designadamente, nas áreas das Engenharias às Ciências, das Letras às Ciências da Educação, da Medicina às Ciências da Nutrição e da Alimentação, sem esquecer o Desporto, as Belas Artes, o Direito, a Economia e muitas outras.

Os projetos serão dinamizados nas seguintes faculdades: Faculdade de Arquitetura; Faculdade de Belas Artes; Faculdade de Ciências; Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação; Faculdade de Desporto; Faculdade de Direito; Faculdade de Economia; Faculdade de Engenharia; Faculdade de Farmácia; Faculdade de Letras; Faculdade de Medicina; Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação; Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar; Casa da Música; Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo / IPP.

Câmara assegura transporte aos alunos inscritos

A distribuição dos alunos de Amarante que participarão no programa “verão em Projeto” é a seguinte, por estabelecimento de ensino: Agrupamento de Escolas de Amarante – 4 alunos(as); Agrupamento de Escolas Amadeo de Souza-Cardoso – 4 alunos(as); Externato de Vila Meã – 3 alunos(as); Escola Secundária de Amarante – 3 alunos(as); Colégio de S. Gonçalo – 3 alunos(as); Escola Profissional António Lago Cerqueira – 2 alunos(as).

A Câmara de Amarante suporta os custos com as propinas e oferece o transporte aos 21 alunos selecionados. Saliente-se, porém, conforme já referido, que, até ao limite de 33 (o autocarro que fará o transporte tem uma lotação de 54 lugares) o Município assegurará, também gratuitamente, a deslocação para a Universidade do Porto dos alunos do concelho que fizerem a sua inscrição no programa.

Diga-se, por fim, que o protocolo estabelecido entre a Câmara de Amarante e a Universidade do Porto resulta da consciência da autarquia sobre o importante papel que poderá desempenhar no que respeita à formação qualificada dos jovens do município e do seu interesse em apostar em estratégias que reduzam o índice de abandono escolar, preocupando-se com a construção individual dos seus percursos educativos.

Comentários