Nova Unidade de Cuidados Continuados Integrados abre em Almada

Nova Unidade de Cuidados Continuados Integrados abre em Almada

SHARE
, / 7 0

ALMADA – Na próxima sexta-feira, 13 de setembro, pelas 11 horas, a Liga dos Amigos do Hospital Garcia de Orta (LAHGO) inaugura a LAHGO Continuados – Unidade de Cuidados Continuados Integrados (UCCI) – e a LAHGO Sénior – residência sénior –, no concelho de Almada.

Situados na freguesia do Laranjeiro (Sítio do Torrão, Rua Luís Villas Boas, 20-22), os novos edifícios totalizam uma área coberta de 8000 m2 com capacidade para 120 utentes.

O investimento global nos novos equipamentos ascendeu aos 12,5 milhões de euros, dos quais a autarquia contribuiu com 350 mil euros, além da cedência do terreno e da isenção das taxas municipais no valor de meio milhão de euros.

A UCCI e a residência sénior vão permitir criar “mais de 80 novos postos de trabalho diretos, prevendo-se um quadro de pessoal próximo dos 200 funcionários”, garante Fernando Neves, presidente da LAGHO.

LAHGO Continuados e LAHGO Sénior

Cada uma das novas unidades possui 20 quartos duplos e 20 quartos individuais. A LAHGO Continuados integra a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados e funcionará como um “hospital de retaguarda” que irá acolher 60 pacientes (30 de média duração – até 9 meses – e 30 de longa duração – até ao final da vida).

Com uma capacidade instalada de 60 camas, a LAHGO Sénior vai disponibilizar uma oferta ampla e diferenciada de cuidados de saúde, com destaque para a diversidade de cuidados na área da reabilitação, psicomotricidade, estimulação psicológica e cognitiva, atividades de lazer e culturais, dispondo ainda de um cabeleireiro e um centro de estética e spa geriátrico.

Esta unidade residencial destina-se a apoiar seniores e pessoas com grau de dependência, respondendo também a situações de doença crónica prolongada e algumas situações de demência.

O complexo de cuidados de saúde e sociais vai integrar ainda consultas de especialidade (medicina interna, neurologia, gastroenterologia, psiquiatria, ginecologia, cardiologia, medicina dentária, fisiatria, terapia da fala, nutrição e psicologia) e serviços de reabilitação e cuidados de enfermagem. Apesar de serem espaços privados, “a população mais carenciada poderá usufruir de algumas consultas de valor muito reduzido”, adianta Fernando Neves.

Sobre a LAHGO

Constituída em 1991, a Liga dos Amigos do Hospital Garcia de Orta (LAHGO) tem como missão apoiar os doentes carenciados e contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos doentes e idosos. Atualmente, a Liga dos Amigos presta serviço de apoio domiciliário a mais de uma centena de utentes.

O apoio e acompanhamento psicológico, a fisioterapia domiciliária, as análises gratuitas com colheita domiciliária são outras das valências da instituição. A LAHGO tem ainda a responsabilidade de atribuir o Rendimento Social de Inserção.