thumbnail_3rika

Uma nova tecnologia para o processame​nto de imagens oftalmológ​icas de diabéticos

COIMBRA – A Universidade de Coimbra (UC) e a Critical Health estabeleceram hoje, dia 6 de dezembro, uma parceria para a criação de uma tecnologia com o objetivo de identificar, de forma automática, lesões da retina em pacientes diabéticos, através do processamento de imagens oftalmológicas.

Em traços gerais, a colaboração visa integrar um novo algoritmo que usa técnicas de processamento de imagens, capaz de identificar certas lesões da retina, desenvolvido pela a equipa de Isabel Narra Figueiredo, do Departamento de Matemática da Universidade de Coimbra, no sistema Retmarker, concebido e comercializado pela Critical Health e que está a ser aplicado com sucesso em Programas de Rastreio de Retinopatia Diabética.

A Retinopatia Diabética, uma das principais causas de cegueira em consequência da Diabetes, requer uma despistagem anual a todos os diabéticos. Este memorando de entendimento prevê a realização de estudos de validação complementares, em ambiente real, com parceiros nacionais e internacionais da Critical Health. Caso o estudo de validação confirme a eficiência demonstrada nos testes já realizados, prevê-se que a Critical Health dê inicio à comercialização deste produto, com a integração da tecnologia agora desenvolvida, durante o ano de 2014.

Legenda da foto em anexo: da esquerda para a direita – João Diogo Ramos (CEO da Critical Health), Isabel Narra Figueiredo (investigadora da UC), Amílcar Falcão (Vice-Reitor da UC) e Gonçalo Quadros (Administrador da Critical Health).

Comentários